Você é de Osasco, tem o sonho de empreender e abrir sua empresa de prestação de serviços? Sabemos que o setor de prestação de serviços é extremamente amplo e cheio de possibilidades, com uma variedade de profissões e atividades.

Preparamos para você este artigo com muitas informações importantes para abrir sua empresa de serviços de forma segura e sem correr riscos.

Vamos lá…

Tipos de prestação de serviços.

tipos de prestacao de servico para abrir em Osasco

Uma empresa prestadora de serviços é aquela que exerce atividades contratadas por terceiros, tanto por pessoa física ou jurídica, mas também pode ser o empregado contratado por uma empresa prestadora de serviços (terceirizada). Presta serviços em troca remuneração financeira.

Alguns exemplos de atividades muito utilizadas são:

  • Consultorias;
  • Cabeleireiros;
  • Manicure e pedicure;
  • Entre muitos outros;
  • Limpeza de estabelecimentos;
  • Segurança de bens e pessoas.

Esses são alguns exemplos de prestação de serviços que uma pessoa pode realizar sendo pessoa física, mas também podem ser executadas por pessoa jurídica devido à uma maior flexibilidade.

Tipos de empresas prestadoras de serviços em alta

Em Osasco existem empresas de prestadoras de serviços que estão com alto potencial de expansão.

Alguns exemplos de empresas prestadoras de serviços em ascensão:

  • Banho e tosa;
  • Marketing digital;
  • Entre muitos outros.
  • Limpeza e dedetização;
  • Reparos de eletrodomésticos;

Alguns prestadores de serviços mais requisitados são:

  • Pintor;
  • Eletricistas;
  • Entre muitos outros;
  • Montadores de móveis;
  • Técnicos de informática.

Como abrir sua empresa de serviços em Osasco.

Agora que você já viu um pouco sobre o que é a prestação de serviço e alguns segmentos, é hora de falarmos como abrir sua empresa de prestação de serviços em Osasco.

Muitas pessoas sonham em abrir uma empresa, mas surgem muitas dúvidas e parece algo distante ou complicado, por isso os tópicos a seguir irão clarear seu entendimento e irão te ajudar a realizar seu grande sonho de empreender tendo uma empresa de prestação de serviços em Osasco.

1. Escolha o nicho de atuação.

Esta é a primeira etapa para sua empresa! Definir qual ou quais serão os nichos de atuação.

Neste momento é importante responder a algumas perguntas para então conseguir definir o nicho que irá atuar.

E as perguntas são:

  • O que eu gosto de fazer?
  • Quais minhas habilidades?
  • O que sei fazer que poderá agregar valor às outras pessoas?
  • Quais áreas me interessam mais?

Respondeu todas as perguntas? Definiu e tem certeza qual o segmento que irá atuar?

Vale ressaltar que é importante estudar muito as tendências de mercado e concorrência.

Então vamos lá!

Após, definir qual será seu nicho de atuação é importante estudar se ele trará o retorno financeiro esperado.

Algumas perguntas que você deve se fazer para saber se sua empresa irá agregar valor para seus futuros clientes são:

  • O que você irá oferecer terá valor para seu cliente?
  • Irá resolver o problema do seu cliente melhor que o seu concorrente?

Conseguiu responder? Se sua resposta foi não, então sugiro que volte aos tópicos anteriores e repense sobre tudo que foi abordado até o momento, até chegar a um denominador que agregue valor para você e para seus futuros clientes.

Se sua resposta foi sim, então vem comigo para o próximo tópico.

2. Defina o melhor nome

como escolher o nome da minha empresa

Mesmo que você já saiba o nome que sua empresa terá, é importante realizar uma pesquisa para saber se já não existe outra empresa com o nome escolhido. É uma pesquisa é interessante pois você poderá abrir espaço para outras opções também.

É importante pensar que a escolha do nome (razão social) da sua empresa pode ser um tanto quanto complexa, pois estará sujeita a diversos tipos de interpretações para seus clientes.

Entre alguns critérios imprescindíveis estão a sonoridade, possibilidade de expansão e a brevidade da palavra.

Após definir todos os passos da escolha do nome da sua empresa é importante registrar no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

3. Escolha a estrutura jurídica

Agora chegou o momento crucial! Qual será a estrutura jurídica da sua empresa?

Escolher a estrutura jurídica certa é imprescindível, principalmente no início do seu negócio.

Só assim não irá pagar altas taxas tributárias, uma vez que estará no regime tributário correto.

Quais são seus objetivos? Só tendo objetivos claros e muito bem definidos, conseguirá identificar qual o regime tributário que melhor se encaixa ao seu negócio.

As estruturas jurídicas são escolhidas para que se possa cumprir a lei tributária, que trata cada estrutura de forma diferente, mas também irá impactar diretamente nos aspectos burocráticos da sua empresa.

Algumas estruturas jurídicas são:

  • Empresário Individual (EI);
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI);
  • Microempreendedor (MEI);
  • Sociedade Limitada (LTDA);
  • Sociedade Unipessoal (SLU);
  • Sociedade Anônima (SA).

Em breve teremos um artigo explicando cada um desses perfis jurídicos.

4. Como abrir uma MEI de prestação de serviço?

O MEI, ou microempreendedor individual, é uma das muitas maneiras de empreender sendo prestador de serviços de forma legalizada e com menor custo.

Existem algumas normas e critérios que precisam ser seguidos para se formalizar como prestador de serviços MEI, saber qual CNAE ideal e se o seu tipo de serviço pode ou não ser enquadrado no MEI, além de analisar se o seu serviço será misto, ou não, como o caso de comércio e serviços, ou indústria e comércio. O mais indicado é que se tenha ajuda especializada, neste caso um contador poderá te ajudar a se formalizar, e assim você não correrá riscos.

Nós da Brasct somos uma contabilidade especializada e podemos te ajudar a abrir sua empresa de prestação de serviços como MEI.

Se você deseja abrir sua empresa em Osasco de prestação de serviços como MEI, clique neste link: [QUERO ABRIR MINHA EMPRESA], solicite uma proposta à um de nossos consultores, será um prazer te ajudar!

Mas se você quiser abrir um MEI prestador de serviços sozinho, os passos são:

 

5. Quais documentos necessários para abrir uma empresa?

Após você realizar o seu planejamento empresarial, identificar o tipo de personalidade jurídica e o porte da sua futura empresa, agora é chegada a hora de reunir os principais documentos pessoais e do futuro endereço da sua empresa, são eles:

Documentos pessoais para abertura de empresa:

  • RG (Cópia autenticada);
  • CPF (Cópia Simples);
  • Carteira do órgão regulamentador se houver (OAB, CRA, CREA, CORE e outros).
  • Comprovante de residência (Cópia Simples).

Da futura empresa:

  • Comprovante de endereço (Cópia simples);
  • IPTU (Cópia simples).

É importante lembrar que, caso o local seja alugado, no contrato de locação precisa constar que o proprietário do imóvel autoriza que seja instalado uma empresa neste local, isso é importante principalmente quando o local não faz parte de prédios comerciais. Após reunir todos os documentos terá inicio a elaboração do contrato social.

 

6. Elabore o contrato social

De uma maneira mais explicativa o contrato social é como se fosse a certidão de nascimento da sua empresa.

Bom, vamos à explicação mais detalhada.

O contrato social é um documento onde constam regras e condições, sob as quais a empresa irá funcionar, e onde está descrito as obrigações de cada um dos proprietários que compõem a sociedade.

O MEI dispensa o contrato social devido já ter o certificado de microempreendedor individual.

Já para todas as demais personalidades jurídicas o contrato social é indispensável. Devido à alta complexidade na elaboração do contrato social é indicado que se tenha ajuda especializada de um contador, só assim será possível evitar erros.

Existem muitos contratos sociais prontos disponíveis na internet, porém só um contador especializado poderá analisar com detalhes cada particularidade dos sócios envolvidos, por isso não corra riscos e conte com o auxílio de um contador.

7. Opte por um regime tributário

Antes de optar por um regime tributário para sua empresa de prestação de serviços é importante conhecer cada um deles.

Neste tópico fizemos um resumo de cada um dos regimes tributários com os principais pontos de cada um, assim você poderá escolher o melhor para sua empresa!

  • Simples Nacional: esse enquadramento é o mais adequado para micros e pequenas empresas, mesmo que os impostos sejam sobre o faturamento bruto, as porcentagens são reduzidas em relação aos outros regimes.
  • Lucro Presumido: ao contrário do Simples Nacional que paga uma única guia o DAS, o Lucro presumido tem sua forma de aplicação dos impostos federais, Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL), são cobrados trimestralmente, já o Imposto Sobre Serviços (ISS), Programa de Integração Social (PIS) e Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS) são cobrados mensalmente. As alíquotas também são diferentes das aplicadas nos demais perfis, mas falaremos sobre alíquotas em um outro artigo.
  • Lucro Real: existem empresas que não podem ou querem aderir ao Simples Nacional e nem ao Lucro Presumido, neste caso existe a opção do Lucro Real, que por sua vez tem o cálculo mais complexo entre outras obrigações. Por se tratar de uma tributação complexa, o LR é mais indicado para empresas extremamente organizadas e por isso é muito utilizado em empresas de grande porte, que em sua maioria faturam acima de R$ 78 milhões/ano. Uma vantagem dessa categoria é que, se a empresa operar no negativo, ela fica isenta de recolher impostos sobre o lucro (inexistente neste caso).

8. Faça o registro na junta comercial

Com todos os detalhes já escolhidos como as atividades da empresa, sócios, natureza jurídica, regime tributário e etc, é hora de fazer o registro do contrato social na junta comercial.

9. Obtenha o CNPJ

Após já termos formalizado o contrato social e feito os devidos registros, vamos iniciar a solicitação do seu CNPJ, isso é feito no site da receita federal e o processo hoje já é 100% online.

O número do CNPJ funciona como o número de CPF de uma pessoa, é um número único e através dele que outras empresas poderão conceder créditos, emitir nota fiscal, consultar a situação cadastral para saber se está ativa ou não, então é necessário que você mantenha sua empresa regularizada e tenha todos os cuidados para não adquirir pendências tributárias ou financeiras durante toda a atividade do seu negócio.

Esse assim como todos os demais que descrevemos neste artigo são realizados por nós, seguindo sempre cada etapa do processo.

Geralmente todos esses passos duram em média 30 dias e abrir uma empresa de prestação de serviços em Osasco/SP tem se tornado cada dia mais digital, desde o momento de efetivar a contratação dos nossos serviços até a emissão do cartão CNPJ e registro na junta comercial.

Fique tranquilo que nós mantemos todos os nossos clientes por dentro de cada passo de legalização da sua empresa.

10. Alvará de funcionamento para empresas de serviços

preciso de alvara de funcionamento

Com a inscrição na prefeitura, você receberá autorização para emissão de notas fiscais e poder iniciar suas atividades.

Algumas empresas de prestação de serviços não precisam mais de alvará de funcionamento desde que, o tipo de serviço siga algumas regras como ter espaço de atendimento de no máximo 200m², não ter mais que 3 anexos e o seu estabelecimento não pode ter subsolo. Também limite na de lotação máxima de 100 pessoas e se houver armazenamento de gás liquefeito não pode ultrapassar 190kg e produtos químicos não podem ultrapassar 1.000 litros.

Caso a sua empresa de prestação de serviços ultrapasse alguma dessas máximas a sua empresa está sujeita a necessidade de alvará de funcionamento, mas calma, nós iremos te orientar sobre esses aspectos já no momento de constituir o seu contrato social, quando analisamos cada aspecto da sua empresa.

Posso abrir uma empresa de serviços com trabalho home office?

Sim, é totalmente possível constituir uma empresa de prestação de serviços home office, porém para essas atividades também se restringe a atividades digitais, ou aquelas que não irão realizar atendimentos presenciais.

Algumas atividades de prestação de serviço que podem ser home office são:

  • Redatores;
  • Marketing Digital;
  • Designers;
  • Consultores;
  • Professores, entre outras atividades.

Existe uma tendência muito evidente que diversas outras atividades até então desenvolvidas em escritórios passem a ser desenvolvidas também na modalidade home office, já existem muitas empresas principalmente aquelas multinacionais já trabalham com modalidade mista, e após a pandemia causada pelo coronavírus covid-19 muitas empresas identificaram que é possível deixar parte da sua equipe home office.

Se a sua atividade precisa de um escritório, espaço para alocar a equipe ou irá oferecer atendimento presencial, não poderá ser constituída em uma residência, como é o caso de empresas de terceirização tipo limpeza predial, portaria e/ou segurança.

Se você tem dúvidas quanto a sua atividade e se ela se enquadra na modalidade home office, fale com os nossos consultores, eles podem te assessorar em todos esses aspectos.

abra sua empresa em osasco com a brasct contabilidade - cta

Preciso usar contrato de prestação de serviço?

Sim, toda atividade precisa ter um contrato de prestação de serviços, será através do contrato que a sua empresa terá segurança na hora de receber do seu contratante e também será garantia caso seja necessário em algum momento buscar soluções judiciais.

Através do contrato de prestação de serviços é possível “amarrar” todas as cláusulas, o que a sua empresa se compromete a fazer, quais serão todos os serviços ofertados e até que ponto será de sua responsabilidade e a partir de qual será responsabilidade do seu cliente.

Além também de definir datas de recebimento, formas de recebimento entre diversos outros aspectos.

Como elaborar o contrato de prestação de serviço?

Para você elaborar um contrato de prestação de serviços eficiente é indicado consultar um advogado ou o seu contador, ambos estarão aptos a te orientar da melhor forma possível.

Pontos importantes do seu contrato:

  • Nome;
  • Endereço;
  • CPF/CNPJ;
  • Valores dos serviços;
  • Multas (em caso de atraso ou cancelamento);
  • Vencimentos dos honorários;
  • Validade do contrato;
  • Descriminar absolutamente todos os serviços que serão prestados.

Ainda existem particularidades que variam de caso a caso e de cada tipo de empresa prestadora de serviço, então mais uma vez indicamos que você evite elaborar o contrato sozinho, ter um profissional especializado para te assessorar irá garantir maior segurança para a sua empresa ao longo das atividades.

Benchmarking para empresas de serviços

como aplicar benchmarking - brasct contabilidade

Empresas de pequeno e médio porte ainda não conhecem ou não aderiram a essa prática que tem se tornado uma das estratégias mais eficazes na hora de empreender, o termo benchmarking que em tradução livre seria “ponto de referência” tem relação com analisar o que está em alta no mercado, sintetizar e aplicar para o seu negócio.

Quando você analisa estratégias que outras empresas utilizam, como, por exemplo, a forma de atendimento da Netflix, o pós venda de alguma empresa que você admira e vê que esse serviço diferenciado traz resultados significativos.

Com começar a implantar o benchmarking na sua empresa de serviços?

Primeiramente você precisa analisar seus serviços ou produtos, descobrir onde estão as falhas e porque os clientes estão optando por um determinado concorrente, serviços/produtos mesmo pagando mais caro em alguns casos.

Depois disso faça uma análise sobre a diferença de qualidade, o ambiente, como é o espaço de atendimento do seu concorrente, qual garantia é oferecida, técnicas de vendas e também como é feito o pós vendas.

Lembre-se a Apple vende experiência e não smartphone.

As vantagens de aplicar Benchmarking são diversas como, por exemplo:

  • Melhorias no atendimento;
  • Aumento do reconhecimento de marca;
  • Conseguir reduzir custos e até mesmo motivar ainda mais os funcionários.

Mas vale lembrar que cada empresa possui a sua própria Visão, Missão e Valores e usar o benchmarking sem uma análise pode ser prejudicial para o seu negócio, fazendo com que você “se perca” na estratégia ou perca a identidade do seu negócio.

Conclusão

Neste artigo nós passamos por todos os pontos para você constituir a sua empresa de forma segura, mostramos a importância de escolher a personalidade jurídica, porte empresarial e quais são os passos até que você possa começar a empreender.

Também mostramos neste artigo a importância de contar com uma assessoria contábil especializada para o seu negócio, que através dessa assessoria você terá segurança e a melhor e menor carga tributária possível, realizando a melhor análise das atividades que serão exercidas.

Nós da Brasct somos uma contabilidade situada em Osasco, somos especialistas em prestadores de serviços de todos os portes e buscamos sempre auxiliar nossos clientes de forma que suas empresas tenham os melhores resultados em qualquer momento.

Cadastre-se abaixo para solicitar a abertura da sua empresa de prestação de serviço.