Declaração do Imposto de Renda: 4 dicas para não errar na hora de fazer a sua!

Declaração do Imposto de Renda: 4 dicas para não errar na hora de fazer a sua!

A Declaração do Imposto de Renda precisa ser feita todos os anos por pessoas que estão enquadradas dentro de determinados critérios. Só que é muito comum errar ao fazer a declaração, principalmente se for sem ajuda. Este artigo traz 4 dicas para não errar na hora de fazer a sua.

1. Não se esqueça dos seus dependentes

Com os documentos em mãos, você já pode começar a Declaração do Imposto de Renda, mas precisa levar em conta que as informações serão conferidas e, se houver algum problema com elas, o Imposto de Renda será retido, está bem?

Um dos erros que muita gente comete é deixar de colocar os seus dependentes na declaração. Pois é, é preciso colocar quanto ganha cada um dos seus dependentes, o que inclui estágios.

Se um filho estiver estagiando de maneira remunerada, a empresa vai declarar o pagamento. Aí, já viu, não é? Se houver essa inconsistência, e não declaração de um lado e a declaração de outro, isso pode ser apontado claramente como erro.

2. Saiba os valores reais do seu patrimônio

Outro erro que o ocorre muito é não declarar o patrimônio que uma pessoa tem, colocar o valor que acha que esse patrimônio vale, ignorando o quanto realmente pagou pelos itens.

O que acontece é que, apesar de ser mais fácil saber quanto pagou nos itens que a pessoa adquiriu recentemente, para os itens antigos não é, como você já imagina, fácil assim. Mesmo assim, procure colocar quanto pagou em cada item que você possui.

Se você está com dúvidas nisso, solicite um contato com a gente, pois teremos o prazer de ajudar.

3. Declaração de imóveis e de veículo

Ao declarar o imóvel incorretamente, é possível cair na chamada malha fina e ser pego pelo Leão. Isso porque não basta apenas declarar o valor do imóvel, mas também o valor de todas as reformas e melhorias realizadas.

Para ilustrar isso, você sabia que as construtoras e cartórios todos os anos entregam a Declaração sobre Bens Imobiliários? Isso significa que eles apresentam o valor e que você precisa declarar o mesmo valor que eles, para não gerar inconsistências.

A declaração do veículo também precisa da sua atenção. Nela, é preciso informar modelo, marca, ano de fabricação, a placa do automóvel e o registro. Ufa! Se esta é sua primeira declaração e o automóvel foi adquirido há mais tempo, você precisa repetir as informações na página.

4. Cuidado com os erros simples

Os erros citados acima são bastante comuns e são erros maiores, por assim dizer, mas isso não significa que você deve deixar de se preocupar com erros menores. É o caso, por exemplo, dos erros de digitação, que precisam ser evitados justamente por ser o suficiente para cair na malha.

A omissão de documentos também deve ser evitada, portanto reencha todos os documentos que você possui, inclusive Certificado de Reservista e Título de Eleitor. Caso você omita documentos, pode ficar com o CPF irregular e ter sua conta bloqueada.

A Declaração do Imposto de Renda pode ser complicada de fazer sozinho, então, por via das dúvidas, conte com uma empresa que resolve isso para você. Envie-nos uma mensagem no WhatsApp:

WhatsApp contabilidade em são paulo

FONTES: contsimples.com.br/blog/irpf-10-dicas-para-nao-errar-na-sua-declaracao

https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2019/02/11/internas_economia,736628/saiba-como-nao-errar-na-declaracao-do-ir-e-assim-evitar-a-malha-fina.shtml

https://economia.uol.com.br/imposto-de-renda/noticias/redacao/2020/03/07/ir-2020-veja-dicas-para-um-principiante-entender-como-faz-a-declaracao.htm