Toda empresa precisa cumprir com o pagamento de tributos e taxas, o que muitas vezes, acaba abalando a saúde financeira da empresa. Por conta dos altos tributos cobrados pelo Governo, os empresários procuram sempre alternativas para reduzir a carga tributária da empresa, ou seja, pagar menos tributos.

Para que isso seja possível, a empresa deve se organizar e atentar-se a alguns fatores que, de preferência, devem ser orientados por um advogado tributário, para que não haja sonegação fiscal e a empresa consiga pagar menos de forma legal.

Dessa forma, um eficiente planejamento tributário se faz necessário, contando, se possível, com profissionais especializados e com tecnologia que auxilie no monitoramento e nos cálculos dos compromissos fiscais.

Quando essa tarefa é bem-feita e sem riscos fiscais, a empresa consegue melhorar o seu saldo de fluxo de caixa, o que proporciona mais dinheiro para investimentos e cumprimento das obrigações da empresa.

Separamos algumas dicas para sua empresa conseguir reduzir a carga tributária de forma legal e totalmente positiva. Confira!

Defina o regime tributário da empresa

O primeiro passo de um bom planejamento tributário, é definir qual regime a empresa se encaixa. Essa decisão é feita todo ano e é a partir dela que são definidos quais impostos devem ser recolhidos e como os procedimentos ocorrerão. Em nosso país, encontramos 3 tipos de regimes tributários:

• Lucro Real: A tributação incide sobre o lucro líquido real da empresa durante um determinado período. É indicado para empreendimentos de grande porte.

• Lucro Presumido: A carga tributária incide sobre um lucro estimado pela lei. É indicado para empresas que apresentam margens de lucro menores.

• Simples Nacional: Todos os tributos são pagos por meio de um único documento: o Documento de Arrecadação do Supersimples (DAS). Assim, a gestão dos tributos é mais simplificada e os valores cobrados são mais baixos. É indicado para ME (microempresa), EPP (empresa de pequeno porte) e MEI (microempreendedor individual).

Ao saber qual regime a sua empresa se encaixa, a sua equipe poderá conhecer os tributos a serem cobrados e obrigatórios e quais podem ser reduzidos legalmente.

É importante ressaltar que é de suma relevância que a sua equipe e você, empreendedor, saiba a realidade financeira da sua empresa antes de decidir o regime ideal para a mesma. Ao comparar as formas de pagamento de cada regime, as brechas e as hipóteses de isenção com a realidade financeira da empresa, é possível optar pela tributação mais adequada.

E isso não significa que o regime mais simples seja o mais vantajoso economicamente. Por exemplo, enquanto o Lucro Real exige mais declarações ao longo do ano, porém tributa somente o lucro da empresa nos seus maiores impostos e não seu faturamento total.

Benefícios fiscais podem ajudar

Os benefícios fiscais acontecem através de trocas interessantes para o Governo, que irão ser revertidas em redução ou até mesmo isenção de impostos de empresas. Exemplos disso, são as aquisições de ações da empresa, investimentos em áreas específicas ligadas ao Governo ou entradas em programas do Governo. Dessa forma, a organização tem redução ou isenção de imposto de renda e Contribuição Social.

Geralmente, esses investimentos estão ligados ao incentivo de ações voltadas à cultura, à educação ou à responsabilização e conscientização social, o que consegue também melhorar a imagem da empresa e proporcionar mais credibilidade.

Subdivida a empresa

Empresas muito grandes ou que realizam mais de um tipo de atividade comercial, podem subdividir a empresa para reduzir o impacto dos impostos. Assim, você consegue enquadrar cada atividade no melhor regime tributário e obter uma economia considerável para o todo. Além disso, a subdivisão pode diminuir a carga tributária, por reduzir a base de cálculo de cada parte da empresa e, assim, gerar incidências alíquotas mais baixas.

Precisa de auxílio para a contabilidade de sua empresa?


Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.