Uma grande questão que as autopeças precisam resolver já no início das suas atividade e que podem ter grande impacto no seu negócio são as formas de recebimento das vendas (ou formas de pagamento oferecido para o cliente).

Hoje existem diversos meios de pagamento/recebimento para autopeças os mais variáveis que pode se imaginar, porém, é necessário que leve sempre em consideração as taxas de transação, quanto você paga nas vendas á vista, á prazo e/ou parcelado.

Se a venda será débito ou crédito (acredite, isso também tem diferença) e qual o tempo que você irá receber esse valor na conta corrente da sua empresa, afinal, os valores das vendas tem impacto direto no seu poder de negociação e compras, então fique atento e leia esse artigo até o final.

Quais meios de pagamento disponíveis para autopeças?

Hoje como mencionado acima, existem diversos meios de pagamentos, para não deixar esse texto muito extenso, vamos selecionar os principais aqui para vendas em loja, levando em consideração que para vendas online existem diversas outras formas de se receber ok?

Principais meios de pagamento:

Para falarmos dos principais meios de pagamento vamos analisar, valor do aluguel (anual) ou valor de compra, taxas para pagamentos, á vista, crédito a vista (30dd) crédito parcelado e porcentagem por parcela adicional, vale ressaltar que, no caso de haver taxa adicional por parcela, essa taxa deve-se ser somada à taxa de venda  à crédito 30dd, vamos exemplificar mais adiante.

Separamos os meios de pagamento que estão mais em destaque nos últimos dias para que você não fique com dúvidas, caso haja algum outro meio de pagamento não exemplificado neste artigo basta você seguir a tabela abaixo para ter um comparativo com a máquina que você deseja conhecer melhor.

Principais máquinas de cartão para autopeças

Pagseguro;

Mercadopago;

Safrapay;

Sumup;

Cielo;

Rede;

Getnet;

Stone.

Veja a tabela abaixo todos os modelos de máquinas, taxas meios datas de recebimento e tipos de conexões (3G/4G/Wi-Fi).

Principais meios de pagamento

Obs: No caso da maquininha ofertada pela empresa Safra (safrapay) o cliente tem um limite mínimo de faturamento por modelo de máquina, no caso do exemplo acima, é necessário o faturamento mínimo de 7 mil reais dentro dos 40 dias iniciais. Caso não ocorra, o cliente paga uma taxa de 100,00 (cem reais) e pode ser retirada a maquininha.

A máquina da Rede, segue quase o mesmo exemplo da Safrapay, também tem um limite para faturamento de 5 mil reais, caso o cliente não alcance o fluxo de vendas terá que pagar o aluguel de 69,90 (sessenta e nove reais e noventa centavos.

Quanto custa a maquininha de cartão

Meios de recebimento de vendas para autopeça

Levando em consideração que a sua autopeças tenha um bom fluxo de vendas e mensalmente consegue vender mais que 7 mil reais exigidos pela Safrapay e 5 mil da máquina da Rede, em questão de valor para compra/aluguel, essas duas são (Safrapay e REDE) as mais vantajosas, visto que são isentas. Porém, esse é apenas a ponta do iceberg, vamos seguir analisando.

Quais taxas das máquinas de cartões?

A máquina de cartão Sumup e a Safrapay são que possuem melhor taxa para venda á vista, sendo apenas 1,90% por venda. Infelizmente a Stone não informa taxas em seu site, visto que existem planos personalizados para cada possível cliente, então vamos desconsiderar as informações nesse comparativo.

Qual prazo para receber compras à vista da máquina de cartão?

Em sua maioria, as empresas de máquina para recebimento, disponibilizam contas digitais vinculadas às suas máquinas, dessa forma o processo de liberação do valor da venda à vista é de até 1 hora em alguns casos. Em outros casos fica em torno de 2 dias. Existem também alguns planos que o empreendedor por escolher o recebimento imediato, pagando uma porcentagem adicional para sobre suas vendas.

Caso o empresário opte por essa modalidade de receber de forma imediata precisa se atender uma vez que toda porcentagem paga sobre as vendas terá impacto negativo em seu caixa, reduzindo assim seu poder de aquisição.

Vale a pena pedir antecipação das vendas?

A Safrapay e a SumUp são as únicas que hoje cobram valor de antecipação das vendas, nesse caso é interessante apenas solicitar esse tipo de procedimento caso você realmente precise para fazer algum tipo de aquisição ou pagar alguma conta da empresa muito urgente.

Qual menor taxa sobre vendas à vista, crédito à vista e crédito parcelado?

Mais uma vez a Safrapay saí na frente com taxas zero para vendas de crédito a vista e crédito parcelado, tendo uma taxa elevada apenas no caso de antecipação do recebimento.

A segunda melhor vem a REDE do Itaú, com boas taxas sobre as vendas parceladas, também devemos levar em consideração a máquina do Pagseguro, que também está com boas taxas.

Qual maquininha de pagamento passa mais bandeiras de cartões?

Isso é algo que muitas pessoas exigem, uma máquina de cartão que aceite o maior número de cartões do mercado. Nesse caso temos a Cielo disparado aceitando cerca de 70 bandeiras, seguido pela Getnet com 32 bandeiras e Rede com 25 bandeiras aceitas.

ebook como abrir uma autopeças

 

Como devo calcular as taxas da minha máquina de cartão?

Nesse ponto muitos empresários pecam na hora de calcular o custo das vendas e escolher a melhor máquina para o seu negócio. Então sempre orientamos para que o empresário tente programar os seus recebimentos com o maior prazo possível, se uma máquina de cartão cobra 4.90% para te repassar o valor das vendas em 24h e 3.90% em 30 dias, tente se programar para receber esse valor com 30 dias. Peça também mais prazo para o seu fornecedor, negocie o melhor desconto à vista nas suas compras de mercadorias para revenda, dessa forma suas vendas irão sempre trabalhar ao seu favor.

Para o caso de pagamento à vista e venda no crédito á vista você paga apenas a taxa exigida pela máquina do cartão, já no caso de venda parcelada você deve somar as porcentagens adicionais por exemplo, no crédito à vista você precisa pagar 3,60% já no crédito parcelado existe ainda a porcentagem por parcela, por exemplo que seja 3,60% para pagamento parcelado e mais 2,90% por parcela, todos os meses seguintes você vai pagar esse percentual até que acabe o parcelamento das vendas.

Nesse caso 3,60% + 2,90 (parcela 2) + 2,90% (parcela 3) e assim por diante como se fosse juros compostos para um financiamento, neste caso acaba sendo um financiamento para o cliente, aí cabe à você empreendedor decidir assumir esses custo ou repassar para o cliente.

Não esqueça que toda venda realizada você empreendedor precisa obrigatoriamente emitir as NFCe ou, NFe e todos os demais comprovantes de compras para o seu cliente, esses documentos nós iremos contabilizar internamente para que a sua empresa permaneça sempre muito bem protegida.

Caso você ainda tenha alguma dúvida sobre qual melhor maquina para sua loja de autopeças e queira uma ajuda, basta entrar em contato com a nossa equipe, estamos à sua disposição para ajudar você a ter o melhor sucesso.

Fale com a brasct por whatsApp


Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.