A nova revolução industrial tem trazido diversas novidades para a indústria brasileira, nomeada como indústria 4.0 ou 4ª revolução industrial a tecnologia tem se impostos ao mercado industrial de forma que quem começar primeiro tem grandes chances de se tornar uma referência em seu segmento, mas tudo tem um preço, e é sobre isso que falaremos neste artigo.

O que é indústria 4.0?

Indústria 4.0 nada mais é que um novo marco para o mercado industrial, assim como houve nos períodos do século XVIII (1ª Revolução), século XVII (2ª Revolução) e no século XX após o fim da segunda guerra mundial, quando foi iniciada a terceira revolução industrial.

A cada nova revoluções industriais observaram novas máquinas e tecnologias surgirem no mercado, fazendo com que diversas indústrias fiquem para trás, algumas sendo absorvidas em compras agressivas e outras ficando fadada a falência devido ao baixo poder de competitividade.

Indústria 3.0 vs 4.0

diferença da indústria 3.0 para 4.0

Com a revolução industrial do século XX podemos notar o surgimento de diversas máquinas e a introdução da computação na indústria. Nesse mesmo momento com a grande revolução surgiram novos empregos e funções antes inexistentes, mas também, a extinção de muitos cargos deixando diversas pessoas desemprega devido à substituição da mão de obra.

E qual a diferença da indústria 3.0 para a 4.0?

Apesar de ainda ser mais um conceito empregado do que de fato uma mudança, a indústria 4.0 está sendo moldada para realizar grandes mudanças no setor e para que isso aconteça é essencial que empresas e profissionais estejam preparados.

Hoje já existem novas funções sendo desenvolvidas no setor, novos cargos e isso tem preocupado alguns CIOs de grandes indústrias por existir um grande GAP de mão de obra qualificada afinal esse profissional precisa ser multidisciplinar, dominar diversas atividades e ter competência em áreas por exemplo de robótica, matemática, segurança da informação e diversas outras áreas.

Ou seja, a grande diferença entre a indústria 3.0 e 4.0 é que em quanto uma revolução industrial trouxe novos maquinários e a necessidade de muita mão de obra para manusear essas máquinas a revolução industrial vivida hoje trás muito mais tecnologia, do que simplesmente máquinas “burras”, ou seja, máquinas sem um sistema operacional, hoje as máquinas já estão integradas e conectadas na nuvem (cloud), integrando a internet das coisas.

Vantagens e desvantagens da indústria 4.0

A grande vantagem com a chegada da indústria 4.0 é a melhoria de processos de produção, aumento de qualidade e padronização da fabricação de diversos produtos, sejam eles alimentícios, vestuários entre diversos outros.

Já uma desvantagem neste momento são os custos elevados para implantação dessa nova tecnologia no atual cenário industrial onde existe diversas micro indústrias, mas com poder de investimento muito reduzido se comparado com as grandes indústrias.

Muitas empresas já têm analisado as possibilidades que a tecnologia tem a oferecer e buscado até mesmo financiamento de novas máquinas para manterem-se competitivos no mercado, vez que empresas que saírem na frente terão grandes chances de se tornarem referências em suas áreas se aplicado a tecnologia de forma correta.

Como se preparar para indústria 4.0

Para se preparar para esse novo formato é primordial que exista um planejamento, e este planejamento não envolve apenas a compra de novas maquinas integras com internet e sistemas avançados, é primordial que haja também o planejamento para contratação de mão de obra qualificado ou treinamento para qualificação da mão de obra atual, analise de custos com implantação, necessidades de adaptação do espaço com reformas e nova estrutura e infraestrutura.

Não menos importante é essencial que você também tenha dentro do seu planejamento o impacto financeiro e tributário em todos os âmbitos e para isso é muito importante que você esteja alinhado com a sua contabilidade, hoje em dia alguns escritórios de contabilidade oferecem muito mais que o serviço de geração de guias, como é o caso da Brasct Contabilidade, nós oferecemos além da contabilidade, serviços de gestão de processos, parametrização de alíquotas em sistemas, gestão financeira entre diversos outros serviços que auxiliam grandes indústrias no processo de tomada de decisão.

Qual impacto da indústria 4.0 na geração de empregos?

mão de obra qualificada para indústria 4.0

Apesar de muitas pessoas acharem que a chegada da tecnologia na indústria pode ser um fator crítico e prejudicial para o mercado de trabalho podendo substituir profissionais por máquinas, é uma visão distorcida e limitante.

Com a chegada da indústria 4.0 muitas pessoas que faziam trabalhos braçais tem tido oportunidade de se qualificar para começarem a operar essas novas máquinas conectadas.

Hoje em dia, por exemplo, já existem operadoras de máquinas que trabalham remotamente de dentro de um escritório e a máquina em outra área, assim como podemos ver na medicina onde um médico pode operar um paciente que esteja em outro pais graças a tecnologia, isso tem se tornado uma realidade cada vez mais acessível para indústrias onde aquele operador que precisava ficar próximo de máquinas muitas vezes perigosas, hoje podem operar o novo maquinário a distância reduzindo riscos.

Qualificar os profissionais tem sido uma das opções mais empregadas hoje visto que buscar os poucos que já estão qualificados além de ter um custo maior com o salário ainda precisariam realocar o funcionário atual ou dispensa-lo, assim tendo que arcar com todas as custas rescisórias.

É importante ressaltar que, assim como na indústria que está se reinventando para se manter competitiva no mercado, é preciso identificar aqueles colaboradores que estejam com o mesmo objetivo de se manterem no mercado e queiram essa qualificação para que o que deveria ser um investimento em qualificação se torne um custo por treinar profissionais que não queiram de fato aprender e progredir junto com a sua empregadora, e para identificar esse profissional também é necessário ter um departamento de RH bem preparado.



Quais desafios da indústria 4.0?

Os maiores desafios hoje para as indústrias 3.0 em se tornar 4.0 vai muito além do investimento com máquinas e infraestrutura, visto que existem diversos programas de incentivo do governo e financiamentos oferecidos por bancos.

Conforme a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) que estima 15% de empresas que adotam a manufatura avançada (indústria 4.0), e para que essa porcentagem continue crescendo indústrias de pequeno e médio porte precisam buscar outras empresas parceiras que auxiliam no planejamento dessa transformação como é o caso da Brasct que tem auxiliado seus clientes no processo de tomada de decisão.

Qual impacto da contabilidade para a indústria 4.0?

Como mencionado acima além de ser um “coringa” na formação de estratégias e planejamento para uma indústria é essencial que o escritório de contabilidade que assessora essa empresa esteja preparada e qualificada para identificar possibilidades no longo de todo o processo.

Para ter uma ideia uma assessoria contábil que não esteja preparada e alinhada com as estratégias do negócio pode gerar um impacto negativo muito grande principalmente nas finanças da empresa quando não fazem a qualificação tributária adequada, podendo tributar de forma indevida alguns produtos utilizados na produção.

E por isso se você quer que a sua indústria também consiga migrar para o novo formato com o menor impacto possível é essencial que você esteja bem assessorado, somente uma contabilidade especializada pode ajudar no seu crescimento com boas escolhas e o menor impacto financeiro e tributário.

Se você quiser conhecer um pouco mais sobre as oportunidades para o seu negócio cadastre-se abaixo, nossos consultores entrarão em contato.



Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.