O Covid-19 chegou há pouco tempo no Brasil e, devido à sua alta porcentagem de contágio, foi iniciado um período de quarentena para que o país se recupere mais rápido. Contudo, a gente vê que a pandemia impactou bastante a gestão de pequenas e médias empresas. Saiba mais sobre o assunto aqui!

Coronavírus: um problema para pequenas e médias empresas

O impacto do novo Coronavírus no mercado já era esperado, e hoje as pequenas e médias empresas percebem o quanto estão sendo atingidas. Se por um lado entendemos a necessidade de isolamento para diminuir o contágio, por outro vemos, em números, o quanto a situação compromete as empresas de pequeno e médio porte.

Qual pode ser o impacto nessas empresas?

É difícil precisar com exatidão, porque as empresas são afetadas em maior ou menor grau. Sim, há empresas de funcionalidades essenciais à sociedade que continuam abertas, o que lhes dá algum faturamento. E há empresas que não podem ficar abertas porque não fornecem serviços essenciais.

De acordo com uma pesquisa feita pela revista Exame, a perspectiva é que 8 em cada 10 empresas sofrerão uma diminuição de faturamento de 30%, o que é uma perda potencial lastimável, não acha?

Por que as pequenas e médias empresas são as mais afetadas?

Não é certo dizer que o Covid-19 afeta a todas as empresas igualmente; as empresas de pequeno e médio porte são mais atingidas porque muitas vezes não têm estrutura para promover o trabalho home office e por que, para elas, a interferência no número de vendas é maior.

Além disso, há a questão da contabilidade das pequenas e médias empresas, que não está isenta de sofrer problemas em meio à crise. Podemos ajudar nisso, então solicite um contato.

WhatsApp contabilidade em são paulo

Outra coisa: as grandes empresas também vão sofrer com os efeitos do novo coronavírus, mas elas têm mais capacidade de resistência porque geralmente contam com recursos para se preparar para momentos assim. Ou seja, dificilmente uma grande empresa bem estruturada vai fechar as portas por conta da pandemia.

Qual é a dica para as pequenas e médias empresas resistirem?

A primeira recomendação para esse período é sair o menos possível de casa, com o objetivo de evitar a transmissão do Covid-19. Se todo mundo fizer isso, as empresas voltam a funcionar mais rápido.

A principal dica para se manter de pé em um momento tão difícil para negócios é focar no que pode ser feito para impedir o congestionamento das vendas. Para você ter uma ideia, muitas empresas estão se focando mais nos negócios on-line.

Restaurantes, por exemplo, podem explorar a opção de delivery, assim como comerciantes podem desenvolver sites para vender seus produtos e empresas em geral podem usar a internet como ferramenta de marketing.

Obviamente, não é toda pequena e média empresa que conseguirá se adaptar aos impactos do novo Coronavírus na economia, mas dá para tentar desenvolver uma estratégia que, se não for trazer muito lucro, ao menos evita grande prejuízo.

Procure pensar se a sua empresa pode usar dos meios virtuais e se atente ao que o governo pode oferecer. Em tempos de crise, é importante se reinventar para sobreviver em um mundo cada vez mais competitivo.

A melhor empresa de contabilidade para atender pequenos e médios negócios é aquela especializada nisso, como a nossa. Trabalhamos também virtualmente, então nos mande uma mensagem no WhatsApp se precisar de algum serviço de contabilidade.

FONTES:

https://rhpravoce.com.br/posts/o-impacto-do-coronavirus-nas-pequenas-e-medias-empresas

COVID-19 e seus impactos: as últimas notícias sobre Pandemia